Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Distância.Com.Amor

Mas, e se,

por Patrícia, em 06.04.16

O tempo está agradável lá fora. O sol bate na janela e o vento cessou. tumblr_nr697ut8xp1th3yzyo1_500.jpgMas aqui dentro, há um vazio desconsolador, um frio que atravessa a alma, uma escuridão.

A razão é o medo. Tanto é o medo de fracassar, de não ser suficientemente boa, de encalhar e deixar-me andar à deriva. Falta tão pouco para abraçar o mundo do emprego e deixar a licenciatura. Sou finalista e tantas são as esperanças que tenho. Mas, e se, não passarem de esperanças?

Para tudo na vida há solução. Menos para a morte, obviamente. Ainda assim, queria ter mais certezas do que tenho agora. Eu acredito nas minhas capacidades, na minha força para lutar, nas minhas tentativas. Mas, e se, não for suficiente? Se não for reconhecido?

Adoro o que faço. E a maior vitória de um profissional é puder dar-se ao luxo de dizer "eu gosto". Só quero que gostar seja suficiente, preciso que seja suficiente.

6 comentários

Comentar post