Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Distância.Com.Amor

Ouves-me?

por Patrícia, em 16.08.15

tumblr_nr8m0gsiYS1rrschwo1_500.jpg

 

 

Ouve-me. Eu grito, se for preciso, mas ouve-me. Permite que as minhas palavras te preencham, que completem o que sentes e pensas, deixa-me fazer feliz.

Quero que saibas que te amo. Quero gritar sem medos, diariamente. Quero que o mundo saiba o quão felizes somos juntos, que conheça a nossa história de amor, que escrevam poemas e sonetos sobre nós. Quero viver todos os dias com a incerteza de te perder, pois quem ama tem medo. Quero que sejas meu por inteiro como eu sou tua sem reservas, sem tempos livres ou ocupações.

Escrevo-te em linhas estreitas para te dar a entender o quão longo é o nosso amor. Faltam as vírgulas e os capítulos enumerados, faltam as palavras concisas e delicadas, falta a capa grossa do livro. Não tenho livro mas tenho amor, e em quanto esse durar, que durem estes rabiscos que escrevo, estes pedaços de nós tão cheios de sonhos e vontades, tão cheios do que fomos, somos e seremos.

Se sentirmos, ao menos que seja bom. Que seja bom o amor que nos une, que se fortaleça com metas atingíveis e que vivamos para sermos únicos a dois. Que os nossos beijos sejam especiais, que as nossas mãos se toquem sem fim, que a música que denominámos como nossa, assim o seja para sempre.

Tantas são as saudades que tenho de ti. Podia correr o mundo para te ver, fazer mais de trezentos quilómetros vezes sem conta, ou até lhes perder a conta. Podia e posso, jamais desistirei de ti, de nós. Quero que saibas que te amo.

Sussurro. Ouves-me?

24 comentários

Comentar post

Pág. 1/3